A abertura oficial da 9ª edição da Brasil Ride aconteceu neste domingo (21), com café da manhã oferecido aos atletas e parceiros, no Hotel Saint Tropez, em Arraial d’Ajuda.

A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, acompanhada do secretário de Turismo, Richard Alves, secretariado municipal e vereadores, deu boas vindas aos competidores. “Estamos satisfeitos em receber todos vocês e seus familiares, desejo que façam desta competição e da estada em Arraial d’Ajuda uma experiência inesquecível”, disse.

Fomento turístico

A gestora também destacou a importância da parceria com a organizaçao do evento e a honra em receber a maior ultramaratona de MTB das Américas pela terceira vez no município. “Alegra a cidade e motiva o turismo numa época que antecede a alta temporada do verão, sendo positivo para o trade e para os atletas, que podem aproveitar para trazer esposa e filhos para passear e se divertirem nas lindas praias, conforto dos hoteis que a cidade dispõe e da deliciosa gastronomia local”, destacou a prefeita. “Muito obrigada, Brasil Ride, por apostar em nosso município”, afirmou.

O trade local está satisfeito com a repercussão do evento por aqui, que além de competidores, mobiliza mais de duas mil pessoas incluindo familiares e equipes de trabalho. “O Brasil Ride vem para somar dentro da diversidade de Porto Seguro, de forma a ajudar a formentar o turismo e gerar uma visibilidade ainda maior ao destino”, considera o representante comercial da Rede Porto Firme, Flávio Abade.

“Investir em um evento em Arraial d’Ajuda, lugar lindo e único, é sinônimo de sucesso certo, porque é de fácil acesso e a cidade de Porto Seguro oferece toda a estrutura de segurança e comodidade, atraindo mais pessoas ao evento”, diz o empresário de uma das patrocinadoras, Continental, Márcio Mays.

De acordo com o secretário da pasta turística, Richard Alvez, a gestão municipal mobilizou equipes de Trânsito e Serviços Públicos, Turismo, Educação, Guarda Civil, Comunicação e Administração de Arraial no empenho para proporcionar logística e infraestrutura local adequada a fim de que as provas sejam um sucesso.

Homenagens e legado cultural

A programação da manhã também contou com homenagens aos “guarinis” (competidores que já participaram de três ou mais edições da prova) e, a fim de deixar um legado social, o organizanizador do evento, Mário Roma, apresentou a campanha de doação de livros desenvolvida junto aos participantes.

Num ato social simbólico, o primeiro exemplarfoi entregue para a secretária da Educação, Janis Alves para professores e alunos da Escola Municipal de Arraial d’Ajuda.

A campanha também prou visita de atletas à escola e os alunos participaram de palestra sobre a importância do esporte, Mountain Bike e conversaram sobre o dia a dia dos competidores.

Competição

A largada aconteceu às 13h, partindo do Uiki Parracho, contando com 21 km no entorno de Arraial d’Ajuda, sendo 4km em área urbana e os outros em trilha.

Amanhã, os atletas vão para Guaratinga. Eles retornam para Porto Seguro na quinta-feira para a etapa mais longa, de 140 km de pedal. Na sexta-feira há o Cross Country, em um circuito de 8 km e quatro voltas. O encerramento da comepetição será no sábado com 44 km de prova.

A maior ultramaratona de MTB das Américas é considerada uma das mais difíceis provas por etapas do mundo. Neste ano, conta com 540 incritos de 22 nacionalidades diferentes, número record na história do evento.

Grandes nomes

A competição reúne diversos campeões olímpicos, mundiais e continentais nos mais diferentes níveis. Um deles é o campeão mundial de MTB, Henrique Avancini, e, para ele, voltar à Arraial d’Ajuda é muito agradável para ele e, correr neste ano como atual campeão é muito especial. “Minha expectativa é a melhor possível, porque estou muito bem preparado e tenho um parceiro, o alemão Manuel Fumic, também muito capaz”, frisou.