“O governo anunciou recuperar esse trecho da estrada e até agora não vimos sinais de recuperação. O asfalto que antes existia, na maioria do trecho, com a erosão e o trafego de carros pesados, deu lugar a verdadeiras crateras, que destroem os veículos e torna o trânsito uma aventura, cujos finais acarretam prejuízos financeiros e risco de morte aos motoristas e passageiros que são obrigados a encarar a estrada, uma das piores de toda a região Sul da Bahia”.
Em um trecho de 05 km, foram encontrados quase 200 buracos.
Alguns deles são tão grandes que tomam quase a pista. Outros ficam bem pertinho um dos outros. Sem muitas opções para desviar, muito motorista comete infrações graves ao dirigir na contramão ou fazendo "zig zag" na pista.
Quando chove, o risco de acidente e de quebrar o carro é ainda maior. Com os buracos cheios de água, fica mais difícil os motoristas avaliarem o tamanho e profundidade.
Moradores se organizam por meio de aplicativos e redes sociais para bloquear a BA 001 até que o órgão competente tomem  providencias referente ao recapeamento da mesma.