Daqui a pouco menos de seis meses os 11 vereadores estarão elegendo em “voto secreto” o novo (a), Presidência da Câmara Municipal de vereadores de Belmonte para o biênio 2019/2020.
 
Até onde o portal conseguiu apurar nos bastidores do legislativo, a população não deve esperar que essa eleição seja tranquila, ou talvez um jogo de cartas marcadas.
 
Apesar das movimentações para formação de chapas, ainda há muita indefinição de quais serão os nomes à disa da presidência e há muitos interessados no cargo de prestígio e visibilidade.
O atual presidente da Casa, o vereador Aelson Matos (PTC) ressaltou que, em 2017, não houve eleição com duas chapas. “Isso tudo fruto de um consenso harmônico entre os parlamentares”.
Ele destacou que sua gestão como presidente é de transparência, eficiência, produtividade e participação que vem sendo desenvolvida em toda a Câmara Municipal,  em facilitar o trabalho dos vereadores na análise, discussão e votação dos projetos de lei e outras propostas.
Também apontado como virtual candidato à Presidência da Câmara, o vereador Alfredo Aberceb (PSD) diz que vem mantendo conversas com atuais colegas de parlamento. Ele busca compromissos de apoio e votos que garantam a sua eleição. Da mesma forma, também busca nomes dos demais integrantes da chapa.
Alfredo também recorre à experiência para credenciá-lo como candidato e futuro presidente do Legislativo.
 

A população espera que os vereadores vão escolher o melhor quadro para a Câmara, porque o próximo ano. também vai ser difícil. Esperamos que o próximo presidente continue  trabalhando para o bem dos belmontenses.