Na tarde da última sexta-feira (16/03) o Prefeito Janival Borges prou uma reunião com o primeiro escalão da sua gestão com o objetivo de traçar as diretrizes de governo para esse ano, bem como, discutir estratégias para reduzir custos e obter recursos a serem empregados em melhorias para o município de Belmonte. Janival deixou claro que deseja uma cooperação maior entre as secretarias, bem como, a melhora na comunicação entre membros do auto escalão para se obter medidas coordenadas em todas áreas. Ainda durante a reunião, o Prefeito Janival Borges deu boas vindas aos Secretários Rogério Bahia (Educação), Belmiro Monteiro (Agricultura) e Walter Cesar Santos (Interior). “Tenho a maior felicidade em poder contar com a ajuda de vocês para gerir a nossa querida Belmonte. Sei da competência de todos  e tenho certeza que terão bastante sucesso nas suas respectivas secretarias.” – Comentou o Prefeito.

À nossa equipe, Janival Borges salientou que houve mudanças importantes na configuração do seu governo para esse ano de 2019 que irão refletir na relação com servidores, prestadores de serviços e fornecedores. O gestor ainda colocou que será priorizado a todo o custo os pagamentos em dia e que a Prefeitura continuará buscando, com a ajuda do Deado Estadual Jânio Natal, recursos estaduais e federais para tocar as obras de infraestrutura que a cidade tanto precisa. “Não basta só pagar em dia. Temos que trabalhar para criar estrutura e atrair empresários dispostos a investir em nossa terra para gerar empregos. A Prefeitura tem que deixar de ser o principal empregador da cidade, só assim, romperemos esse ciclo de dependência e poderemos crescer dando qualidade de vida à nossa comunidade.” – Comentou Janival.

O Prefeito finalizou ressaltando as dificuldades enfrentadas em 2018 causada pela falta de recursos e informou que acredita que uma melhora de arrecadação deverá acontecer esse ano.“Estamos torcendo para uma reviravolta positiva para o Brasil já para esse ano mas, se as estimativas positivas não se concretizarem, estamos organizando toda a gestão para poder agir positivamente em situações difíceis de crise severa de recursos.” – Finalizou Janival.