Estudantes do Ensino Fundamental da Escola ACM realizam apresentações durante conferência sobre valor da água.
Estudantes e professores da Escola Antônio Carlos Magalhães participaram, nesta terça-feira (27), em Barrolândia da conferência “As Escolas da Bahia cuidando das Águas”. Um dos objetivos é pror a ampla discussão sobre o assunto entre os jovens com ideias e ações que contribuam para o desenvolvimento sustentável nas escolas, comunidades, municípios e territórios no estado.
A escola escolheu como tema: as águas do Córrego do Ouro que abrange a divisa entre Barrolândia e Ponto Central nos distrito de Belmonte e Cabrália. Este processo da etapa municipal busca pror a reflexão e o desenvolvimento de estudos e pesquisas, além de estimular a proposição de ações e projetos no contexto da temática socioambiental, considerando seus desafios e alternativas, na escola e de seu entorno.
A abertura da conferência teve a Coordenadora Joceni Figueiredo, que conduziu brilhantemente o evento apresentando os palestrante e apresentações dos estudantes.
 “Nosso projeto pretende tornar a escola mais sustentável e os nossos alunos, mais conscientes; que eles não saibam apenas o que ocorre, mas os efeitos danosos que os homens causam ao meio ambiente. É importante que eles saibam multiplicar o que estão apreendendo”, disse o diretor da escola, Derisvan.
Para o empresário Flavielle de Sá; “Quando pensamos na falta d’água, a primeira coisa que nos vêm à cabeça é a sede, é o nosso particular, mas não percebemos que sem água, a sociedade não funciona. Tudo que nos rodeia precisa em algum momento de água para funcionar, o mundo todo é afetado pela falta dela”.
O Secretario de Educação Paulo, falou da importância da participação das escolas no processo. “Já começamos com esta mobilização nas escolas para que todos se apropriem das informações e, consequentemente, comecem a pror essa discussão, levar esse diálogo para o currículo escolar, envolvendo os estudantes e, a partir daí, possam elaborar projetos de ação sobre a conservação dos recursos hídricos em nosso Estado, levando-se em consideração, principalmente, a realidade local”, explicou,
O evento contou com a participação de moradores, empresários, comerciantes, dos vereadores Armando e Keke, Robson(representando a EMBASA), Igor Suzart(PLB) e representante do governo.