Uma intensa programação cultural e artística marca as comemorações dos 519 anos do Descobrimento do Brasil, em Porto Seguro, no Sul da Bahia, a partir desta quinta-feira (18/04), com eventos que seguem até o dia 22 de abril. Como coincide com o feriadão da Semana Santa, a expectativa é de um fluxo ainda maior de turistas. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-BA) no Extremo Sul, a ocupação hoteleira deve alcançar 93%.

A terceira edição do Festival Cultural do Descobrimento – Semana do Brasil prorá na área da Cidade História uma série de atividades para o público adulto e infantil. Estão programados espetáculos de som e luz, atrações musicais, Cozinha-, com aulas para adultos e crianças, e diversas atrações culturais.

No Espaço Curumim haverá brinquedos e oficinas de pipa, circo e pintura indígena para a criançada, que contará com o cinema Sesc. A programação do evento inclui também observação de aves, exposição de fotografias e atividades educativas no estande Aves à Vista, da empresa de celulose Veracel.

Para o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, celebrações como o Festival Cultural do Descobrimento contribuem para reduzir os efeitos da sazonalidade. “Pror um calendário regular de eventos é uma das estratégias para atrair turistas o ano inteiro", afirmou.

A participação da comunidade local e dos turistas no festival cresce a cada ano e fortalece o cenário histórico e cultural da cidade, observa o secretário do Turismo de Porto Seguro, Paulo César Magalhães.

Patrimônio - Localizada na zona turística Costa do Descobrimento, Porto Seguro foi cenário da chegada da esquadra portuguesa de Pedro Álvares Cabral ao país, em 22 de abril de 1500. O vilarejo que deu origem ao município foi fundado em 1535 e está tombado em quase sua totalidade como patrimônio histórico. Na Cidade Histórica estão monumentos como o Marco do Descobrimento, a Igreja Matriz Nossa Senhora da Pena e o Museu do Descobrimento