Entre os dias 21 e 27 de julho, a cidade de Belmonte recebe a 36° edição do Festivale, o Festival de Arte e Cultura Popular do Vale do Jequitinhonha.
 
O evento surgiu no final dos anos 80 e ao longo dessas décadas de existência e resistência, sempre foi construído pelas mãos do povo. “O Festivale é um dos maiores movimentos culturais do país organizados pela sociedade.
 
A maioria dos eventos deste porte são organizados pelo governo ou empresas”, afirma José Augusto, diretor da Federação das Entidades Culturais e Artísticas do Vale do Jequitinhonha - Fecaje, entidade que organiza o evento.
 
“O Vale não é só Minas, o Vale do Jequitinhonha é por onde o rio passa. Ele é do Brasil”