O município de Itapebi, completa nesta quarta-feira, 14, seus 61 anos de emancipação política.  A localidade teve a sua origem depois que que moradores do pequeno povoado de Cachoeirinha, abaixo onde está hoje, a ponte do Jequitinhonha, que vítimas de constantes castigos das enchentes, optaram em residir no local, onde hoje é a Cidade Baixa, também, quase abandonada, pelo mesmo efeito natural. Uma vez que quase todos se mudaram para a Cidade Alta.  Cachoeirinha se extinguiu nos meados de 1851.

A nova localidade (Cidade Baixa), teve vários nomes: Italva, Itamarati, e Pedra Branca. Pertencente ao município de Belmonte, foi elevado a categoria de distrito no ano de 1938, e se emancipando no ano de 1958.

Na próxima quarta-feira, 14, a Prefeitura Municipal, que tem como prefeito Juarez Oliveira, conhecido como Peba, dará início às diversas atividades em comemoração aos festejos de emancipação, com desfile cívico, apresentações culturais, e eventos festivos à noite com muitas atrações.

Artistas como Tayrone, Papazzoni, Vanoli Cigano, Trio da Huanna, Anderson Freire, É o Tchan, Sinho Ferrary e outras atrações estarão fazendo a festa.