Perdas e Ganhos dos Coeficientes do FPM de 2018.
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulga a futura mudança nos coeficientes do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para o exercício de 2019, relativos à distribuição do FPM – Interior, em virtude das estimativas populacionais de 2018 divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nessa quarta-feira (29) das populações residentes para os 5.570 Municípios brasileiros.
Estima-se que o Brasil tenha 280,5 milhões de habitantes, a população cresceu 0,38% ou 788.545 habitantes, entre 2017 e 2018. A Confederação ressalta que a estimativa populacional é um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) para realizar o cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios. A Confederação reitera que a mudança nos coeficientes do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para o exercício de 2019, relativos à distribuição do FPM – Interior, considerando as estimativas populacionais de 2018, que no qual está divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e também da Lei complementar nº 143/2013.
Segundo o IBGE, as populações dos municípios foram estimadas por um procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos municípios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010).
As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010. Observa-se que o Município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país com 12,2 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro com 6,7 milhões de habitantes, Brasília e Salvador com cerca de 3,0 milhões cada. Infere-se do Estudo do IBGE que dezessete Municípios brasileiros têm população superior a 1 milhão de habitantes, somando a 45,7 milhões de pessoas, ou seja, correspondem a 21,9% da população do Brasil. Serra da Saudade (MG) é o Município brasileiro de menor população, 786 habitantes, seguido de Borá (SP), com 836 habitantes, e Araguainha (MT), com 956 habitantes.
O município de Belmonte sai de um coeficiente em 2018 de 1.40 e vai para 1.20 em 2019. 

Abaixo o link com a publicação na íntegra e a lista completa dos municípios que vão perder receita via FPM.
Perdas e Ganhos dos Coeficientes do FPM de 2018 (1)