Ministério habilita 66 novos serviços de odontologia e ortopedia. Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (03/12), a habilitação de 66 novos serviços de odontologia e ortopedia especializados para pessoas com deficiência.

O anúncio fez uma referência simbólica ao Dia lnternacional das Pessoas com Deficiência, instituído pelas Nações Unidas em 1992.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou que, com as novas habilitações, foram zeradas pendências atuais e de anos anteriores.

“Hoje a gente zera, não fica nada, alguns serviços desses são habilitações solicitadas em 2019, habilitadas em 2019. A gente entra 2020 com um painel pela frente com todo mundo organizado pra poder trabalhar”, explicou.

Ao todo, o Ministério da Saúde vai transferir R$ 70,1 milhões por ano para bancar o custo dos novos serviços habilitados no Sistema Único de Saúde (SUS), que devem beneficiar mais um milhão de pessoas com deficiência no País.

Presente à cerimônia no Ministério da Saúde, a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que preside o conselho do Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado – Pátria Amada, enalteceu a iniciativa da pasta. “Eu fico muito feliz com esse progresso, fico feliz em poder estar com vocês aqui hoje, testemunhar mais uma ação do Ministério da Saúde em prol das nossas pessoas com deficiência em todo o território nacional”. E completou.