A Secretaria Municipal de Finanças de Belmonte divulgou uma nota no final da manhã dessa quarta-feira (08/08) divulgando um parecer sobre o pagamento dos salários dos profissionais da educação em Belmonte.

Segundo a nota, o pagamento dos professores concursados foi efetuado no dia 07/08 (FUNDEB 60) e os funcionários efetivo de apoio da educação (FUNDEB 40) foram pagos na manhã dessa quarta-feira (08/08), cumprindo assim, 77% das folha de pagamento dos concursados do município. A nota ainda abordou a paralisação realizada no dia de hoje (08/08), classificando-a como uma medida radical, já que, sempre manteve o diálogo aberto com o sindicato da categoria e que a gestão do Prefeito Janival Borges, apesar de todas as dificuldades, vem realizando importantes melhoramentos na estrutura educacional de Belmonte. “A paralisação de hoje, infelizmente, caracteriza um comportamento desnecessário prejudicando principalmente os alunos da rede, fragilizando o canal de comunicação com a gestão pública que sempre esteve apta ao diálogo e ao compromisso com o desenvolvimento de Belmonte.” – Comentou a Prefeitura no comunicado.

Ainda em nota, a Secretaria de Finanças aproveitou para esclarecer que, conforme divulgado recentemente nas mídias jornalísticas, a cidade recebeu de janeiro a junho de 2018, um montante de aproximados R$ 9 milhões via FUNDEB para suprir todas as despesas da educação, só que, no mesmo período foram gastos apenas com salários o montante de R$ 10 Milhões de Reais (R$ 8,4 Milhões somente com os funcionários efetivos). “Tal situação obriga  o município a complementar com recursos próprios as demais despesas ligadas a educação como água e energia das escolas, reformas, transportes, combustível, dentre outras.” – Informou o parecer da Secretaria de Finanças.

A Secretaria de Educação de Belmonte também emitiu nota complementar informando que não há legalidade na paralisação dos professores que atuam nos ensinos fundamental e médio, já que, o salário foi creditado nas contas dos servidores nessa quarta-feira (08/08) pela manhã, tanto que, as escolas Antônio Carlos Magalhães e Clemenciau Teixeira, estão funcionando normalmente.