Depois de conversar com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), na semana passada, o secretário municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Guilherme Bellintani, passou a considerar uma “hipótese real” a sua candidatura a presidente do Esporte Clube Bahia.

O bahia.ba apurou que, a aliados, o titular da Sedur afirmou que ainda precisa “ajustar a vida pessoal”, mas que, se houver consenso dentro da base da atual administração, irá disar a eleição do próximo dia 9 de dezembro.

Segundo os apoiadores, Bellintani tem avaliado que há uma “neurose” pelo entendimento de haver candidato único no grupo que apoiou o presidente do Bahia, Marcelo Sant’Ana, no último pleito. A ideia da ala hoje é de prosseguimento às conquistas obtidas pelo clube na atual administração.

Relatos de pessoas da órbita do secretário apontam que ele entende que “muita gente da oposição pode colaborar”, mas este não é o fato decisivo para emplacar  ou não uma eventual candidatura, mas sim a união da base.

Na conversa com ACM Neto, o prefeito “não botou nenhum empecilho” para Bellintani postular o comando tricolor, mas lembrou ao titular da Sedur que “tem muita coisa para ser feita ainda”.

Na pasta, Bellintani toca o Salvador 360, principal programa da prefeitura, e tem dito que, embora o projeto “já esteja concebido”, ainda precisa concluir alguns pontos, e ele “não gosta de deixar trabalho pela metade”.