A Liga Desportiva de Belmonte foi punida com a pena de advertência em um julgamento ocorrido no final da manhã dessa terça-feira (10/09) na 2ª Comissão do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Bahia pelo denúncia de não cumprimento do Artigo 30 da competição que diz que as seleções participantes da competição deverão, obrigatoriamente, incluir no seu banco de reservas, em todos os jogos, 01 médico por elas contratados, devidamente inscrito no CRM.

A infração da regra ocorreu no último dia 11/08 no jogo entre a Seleção de Belmonte e a Seleção de São José, onde o médico escalado acabou não podendo estar presente durante a partida porque foi atender uma vítima de acidente trânsito em estado grave que teve que ser transferida para o Hospital Luis Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. A Seleção de São José, que também infringiu a mesma regra, recebeu, a exemplo de Belmonte, uma advertência sobre o ocorrido.

No mesmo processo, Belmonte também foi denunciada pelo fato de dois torcedores, nos 48 minutos do segundo tempo, durante a comemoração do gol da Seleção de Belmonte, arremessarem duas latas de cerveja no campo.

A defesa, elaborada pelo advogado Emannuel Bitencourt, advogado da Seleção de Belmonte, demonstrou a identidade dos dois torcedores e apontou as medidas necessárias para impedir outra ocorrência do tipo. Diante do fato, o TJDFB decidiu também substituir as multas e perda de mando de campo, por mais uma pena de advertência. “Graças a Deus está tudo dando certo e conseguimos ser absolvidos nessas duas faltas graves. As medidas necessárias já foram tomadas e agora continuaremos trabalhando para fazer a nossa seleção crescer no Intermunicipal.” – Finalizou Gamarra, presidente da Liga Desportiva de Belmonte.

Segue abaixo o resultado do julgamento:

WhatsApp Image 2019-09-10 at 14.55.34