O Presidente da Câmara Municipal de Belmonte, Vereador Aelson Matos (Calango), abriu os trabalhos Legislativos, para continuação do ano em Exercício de 2017, desejando boas vindas aos demais colegas e a todos os servidores do Poder Legislativo.
 
Na pauta do dia, vários requerimentos    onde os Vereadores solicitam ao Prefeito Municipal de Belmonte, Janival Borges, melhorias na infraestrutura e mais segurança  em todos os Bairros e distritos do Município. Alguns  Vereadores usaram a Tribuna e justificaram as solicitações através dos requerimentos.
 
O Vereador Alfredo Aberceb, foi um  dos Vereadores que usaram a tribuna. Ele  cobrou falta de segurança no município e principalmente em Santa Maria eterna onde só existe policiamento nos finais de semana, seguiu o pensamento dos outros edis; Armando Ramos, Keke, Dudu e Beto, sobre os problemas da falta de infraestrutura das ruas que não são calçadas, seja pela falta de manutenção ou pelos danos causados pela ação do tempo.
Em sua fala o presidente Aelson Matos citou que a Prefeitura implante a Guarda Municipal com urgência. O  parlamentar alega que a responsabilidade de garantir a segurança social é do Estado, e não do município. Destaca ainda que a Guarda Municipal ajudará no combate à criminalidade, já que em Belmonte a violência tem aumentado em vez de diminuir. “Os índices mostram que a violência é maior do que em outros municípios do porte de Belmonte”. E citou a Lei 13.222 que diz:
No Brasil, a Lei 13.222, de agosto de 2014, institui as normas gerais para as guardas municipais. Entre os princípios mínimos de atuação está: proteção dos direitos humanos fundamentais, do exercício da cidadania e das liberdades públicas; preservação da vida, redução do sofrimento e diminuição das perdas; patrulhamento preventivo; compromisso com a evolução social da comunidade; e uso progressivo da força.
A sessão foi encerada com uma oração pelo vereador Dudu em favor das melhores do vereador Jorge Passos que foi operado essa semana em São Paulo.